Bairros

DENGUE CRESCE E SECRETÁRIO DETERMINA PRIORIDADE NOS CS´s

O DEVISA  (Departamento de Vigilância em Saúde) informou nesta segunda-feira, 1º de abril, que agora já são 799 casos confirmados de dengue em Campinas. Ou seja, 243 a mais que o numero divulgado semana passada (556) e informado pelo #JornaldeBarão.  Outros 8 casos da doenças não foram possíveis detectar a procedência do paciente infectado. A maioria dos casos de isolamento viral , em Campinas, foi para o tipo 2. A região mais afetada é a chamada erroneamente de “noroeste” pela prefeitura (pois fica no Sudoeste da cidade – região do Campo Grande) que agora já somam 370 confirmações.

Por isso o secretário de Saude, Cármino de Souza, determinou que os casos suspeitos de dengue sejam tratados como prioridade em todos os 65 Centros de Saúde do município. As unidades deverão fazer o acolhimento dos pacientes com sintomas da doença e, se necessário, coleta de exames e hidratação O secretário disse que está monitorando a situação diariamente, com comunicação direta com os Centros ,  as equipes que atuam em campo, no nível central e nas ações de assistência e de vigilância em Saúde.

Dr. Cármino tambem estabeleceu que o CS São Bernardo (que é próximo ao Hospital Mário Gatti) e a UPA  Campo Grande fiquem como referências de atendimento dos casos, tendo cada unidade uma equipe exclusiva para atender casos da doença, com enfermagem, médico, coleta de exame e sala de hidratação. O primeiro já está em funcionamento e o segundo está em fase de organização.As ações preventivas (de controle de criadouros e nebulização nas regiões afetadas pela doença), são priorizadas  de acordo com o número de casos. Também estão sendo realizadas ações educativas em escolas.- declarou

O Devisa iniciou segunda a distribuição de um material técnico para todos os hospitais e unidades de saúde das redes pública e privada para manejo e atendimento ao paciente com suspeita da doença. E informou que nessa quarta haverá uma reunião com a  Rede Mário Gatti, o Hospital da PUC e toda a rede hospitalar privada, para informar os números e organização de manejo clínico e assistência ao paciente

larvas dengue

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s