Bairros

PREFEITURA MANDA PARAR OCUPAÇÃO DO PIRACAMBAIA E FAZ 1º AVISO

A prefeitura de Campinas  finalmente  decidiu parar a ocupação irregular das Chácaras Piracambaia na área de alagamento do Atibaia – após o Village Campinas.

Nessa primeira etapa  a ação era apenas de  avisar e pegar todos os dados e levantar os danos e prejuízos cometidos pelos ocupantes , mas  não de desocupação 

A prefeitura montou um grupo de contenção de ocupações clandestinas e de danos ambientais  com  a presença de várias viaturas da Guarda Municipal , caminhões da EMDEC,  integrantes das secretarias de Habitação, Planejamento e Urbanismo, DA Ssecretaria do Verde, Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável, Assuntos Jurídicos, Serviços Públicos, Comunicação, Desenvolvimento Econômico Social e Turismo, Defesa Civil, Guarda Municipal, Sanasa CIMCAMP  e até assessores do  Jonas.  

O grupo foi coordenado pelo engenheiro Edison Cunha, que  segundo ele,  ainda  não é de desocupação e  punição – ainda sem ordem judicial  – mas além de avisar  das irregularidades e  exigir  a regularização  conforme a lesgislação ambiental do municipio pegar todos os  dados para  entrar com a regularização judicial, indenizações e multas e até medidas mais drásticas que  nao forem resolvidas. O grupo aliás encontrou algumas  propriedades vazias ou abandonadas ou sendo vendidadas irregularmente. 

Cunha dissse que o decreto que instituiu o Grupo determinou que a Prefeitura notificasse os moradores irregulares, orientar para que interrompam qualquer tipo de intervenção na área e exigir  que regularizem a situação. “Estamos, então, notificando, fazendo a selagem das casas e identificando os danos ambientais para posterior penalização. Importante destacar que cada secretaria faz seus próprios apontamentos e toma as providências relativas cabíveis a cada setor de atuação”, disse Cunha.E em caso de descumprimento, as obras serão demolidas

Ja o diretor da Secretaria de Habitação (Sehab), Marcelo Ferreira, disse que o principal é local de risco com o perigo de inundação e doenças mapeado pela Defesa Civil e que podem atingir a população e por isso é  indispensável orientar e avisar as familias localizadas. “O nosso maior intuito, além de cuidar do patrimônio, seja ele público ou particular, é preservar a vida das pessoas, já que o local faz parte da mancha de inundação do Rio Atibaia e uma eventual enchente certamente causará danos irreparáveis, podendo gerar até perda de vidas”, afirmou.  Segundo  Ferreira metade dos imoveis estão ocupados e o restante em construção.  Todas foram registradas e com recados para pararem as obras.

Após a ação desta quinta-feira, os dados coletados serão enviados ao Ministério Público e também à Secretaria de Assuntos Jurídicos. O objetivo é que os técnicos consigam a matrícula atualizada dos lotes para, então, notificar os verdadeiros proprietários.

 

 

5869834685b187d2c706c1c56d12c7bb

2b78a82ae6cc9af88a5a6c035250a507

O engenheiro Edson Cunha com o grupo de reconhecimento e  informação da Defesa Civil e Prefeitura nas Chacaras Piracambaia

a12a03f6189179bfbd515db11293bb13

tipo_de_790x444_07112019203003393011d79152eb8c59400a323a245013

c9bd2c48-3881-48dc-ad57-54c4287c6013

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s