Ambientalismo

Prefeitura e Polícia investigam causas dos incêndios em Barão

A Prefeitura e a Polícia estão investigando as origens e o que causaram os vários incêndios que ocorreram esta semana em vários pontos de Barão (que atingiu do Piracambaia ao Bosque das Palmeiras, passando por Tozan, Village atingindo várias ruas e propriedades). Se foi causa natural ou criminosa (causado por queimada, por exemplo). Esse é o 6º grande foco de incêndio em matas que ocorre esse ano no distrito.

Nessa quinta e sexta peritos da Polícia Cientifica e Ambiental estiveram junto com equipes da Defesa Civil e Prefeitura nos locais dos incêndios O vereador Luis Carlos Rossini , que é presidente do Conselho Municipal do Meio Ambiente acionou a Secretaria do Verde para levantar prejuízos e averiguar possiveis responsáveis: “Recebi com tristeza e preocupação a notícia de que este incêndio pode ter origem criminosa.”

Na sexta feira passada , dia 9, o subprefeito Osvaldo Kaize fez uma reunião com o Tenente Shimabucoro, comandante da 3ª Cia da Polícia Militar e com o delegado Maurício Lucenti da 7ª DP , para solicitar apoio nas investigações . Segundo Kaize, a Polícia Civil passou a coletar depoimentos e buscar mais informações com as pessoas da região e a Polícia Científica está coletando dados acerca do início do incêndio, visando elaborar um parecer junto à Polícia Civil. O Ten. Shimanbucoro da 3a Cia PM designou algumas viaturas da Polícia Militar Ambiental para realizar patrulhamentos preventivos na região, com o objetivo de evitar mais casos como este. “Registramos uma denúncia na Secretaria do Verde, que irá realizar um levantamento dos danos ambientais causados pelo incêndio.Agradeço a todos aqueles empenhados nesta investigação.” -declarou.

A prática de queimadas e incêndios de áreas florestais PRESERVADAS OU NÃO são criminosas, podendo ser qualificadas pelos arts. 41 ou 54 da Lei 9.605/98, a Lei de Crimes Ambientais. Caso você tenha notícia de incêndios, ligue imediatamente para o Corpo de Bombeiros, via 193, e realize uma denúncia anônima, via 181.

o subprefeito Osvaldo Kaize e o delegado Mauricio Lucenti

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s