Bairros

Juliano Davolli promete “mandato popular”, luta pelo Parque e mais ciclovias

O candidato Juliano Davolli (PT), funcionário do IFCH (Instituto de Filosofia e Ciências Humanas – Unicamp) e morador do Real Parque, promete que seu mandato será aberto e que vai incentivar a mobilização e organização dos moradores de Barão. Promete que irá apoiar a criação do Parque na Fazenda Rio das Pedras, a criação de mais ciclovias , garantir a construção de mais postos de saúde em Barão e lutar pela revisão e possível redução do IPTU e demais tarifas. Também diz que irá lutar pela redução das tarifas de água e esgoto, do IPTU e dos ônibus a quem defende tarifa zero.

“Meu compromisso caso eleito vereador, será encaminhar todas as questões de forma aberta e participativa, mediante um amplo chamamento da população de Barão Geraldo, e com a presença da Subprefeitura, para que as questões, uma a uma, sejam respondidas.”

O candidato também afirma compromisso em lutar para que o papel da Subprefeitura de Barão deixe de ser uma repartição pública decorativa e assuma um papel de protagonismo político

No entanto, Juliano vê Barão como “um capítulo à parte na administração municipal de Campinas“. ALém disso que sua atuação como vereador com base no “Programa de Governo do PT para Campinas” e pelo programa do partido, irá ” incentivar ao máximo: (1) a organização dos moradores de Barão Geraldo e (2) a participação franca e aberta no meu mandato, que será aberto a todos que desejarem, possam participar e influir dentro de um modelo de “mandato popular e democrático”.

E diz também que seu mandato caso eleito, será dedicado principalmente aos bairros mais periféricos da população de baixa renda, não só em Barão Geraldo, mas em toda a cidade de Campinas

  • LUTA PELO PARQUE RIO DAS PEDRAS, estou plenamente de acordo e não pouparei esforços para engrossar o Movimento pela criação do Parque Rio das Pedras.
  • Solicitar e lutar por SOLUÇÃO DO PROBLEMA DO “PONTILHÃO DA ZEFERINO VAZ ” sobre a rua Eduardo Pereira de Almeida
  • Solicitar a criação de mais ciclovias em toda Barão (da Mata ao Village) e indo até o fim do tapetão
  • Solicitar a construção de um novo posto de Saude na Região da Mata
  • Estudar as possibilidades de como criar uma “saída alternativa” para a Região pelo CEASA , pois muitos moradores são contra e muitos concordam
  • Solicitar e encaminhar ao prefeito todas as pendências dos bairros da região entre Anhumas e ATibaia ( Piracambaia, Vale – Village  Bosque e  Guará), Região da Estrada da Rhodia (terras de Barão, Vila Holandia, Vila Florida, etc (“especialmente quanto à implantação de ciclovias e de infra passagens para os animais silvestres e medidas correspondentes.”)
  • Da mesma forma diz que seu mandato “assumirá” as demandas da Região Universitária encaminhando pedido para o recapeamento da Cidade Universitária, da falta de água e luz constante no Pq das Universidades , e da necessidade
  • Quanto aos problemas e propostas para a Região Central de Barão ele se compromete, caso eleito, de encaminhar todas as questões de forma “aberta e participativa”, mediante um amplo chamamento da população de Barão Geraldo ( uma assembleia?) e com a presença da Subprefeitura, “para que as questões, uma a uma, sejam respondidas.”
  • “Todas as quatorze questões devem ser estudadas e é meu compromisso dedicar o mandato de vereador ao tratamento de todas.” – declarou

DESPREZO E ABANDONO DE BARÃO

Juliano diz que concorda que há um forte desprezo e abandono de Barão nesses últimos 8 anos. Mas para ele o desprezo se manifesta na forma como funciona e é dirigida a Subprefeitura.

Parece que existe um preconceito contra a população do Distrito, quiçá porque o prefeito e seus secretários considerem que somos uma população de privilegiados. Mesmo que assim seja, não se justifica o abandono em que o Distrito se encontra. A forte arrecadação de IPTU local deveria ser motivo de uma reciprocidade mais condizente.

OUTRAS PROPOSTAS GERAIS PARA CAMPINAS

revisao da tarifa de água e do IPTU

Juliano diz que dois pontos prioritários de seu programa como vereador é a redução das tarifas de água, esgoto, também do IPTU. No caso , ele defende uma revisão das contas de água e esgosto para reduzir as tarifas. Mas defende o fortalecimento da SANASA

Sobre o IPTU Juliano diz que é ponto de destaque no seu programa de mandato (e no programa de governo do candidato a prefeito Pedro Tourinho) a revisão dos valores atualmente cobrados, com consequente redução dos valores atualmente cobrados, particularmente nas áreas de habitações da população de baixa renda. Ele defende a redução do IPTU e do ISSQN para micro empresários também o Imposto sobre serviços que é cobrado de muitas pequenas empresas E a criação de um “incentivo verde” para empresas e familias investrem em meio ambiente.

Além disso luta pela “tarifa zero” nos ônibus ELe diz que vai propor o programa “Rumo à Tarifa Zero”. Defende bilhete único mensal sem limites, congelamento de tarifas, gratuidades seletivas e ampliar os corredores de ônibus

VEJA UM RESUMO DAS RESPOSTAS DO CANDIDATO

Campinas reúne condição de ser a cidade tecnológica do país do século XXI e Barão Geraldo o seu núcleo, com um enorme potencial de ser um polo irradiador de inovações no campo das “altas tecnologias”, principalmente devido aos aceleradores de partículas dos laboratórios Síncroton e Sirius, e simultaneamente ser um centro de atração de cérebros e de empresas inovadoras em tecnologias de última geração. Vários projetos e iniciativas nesse sentido estão em curso, inclusive dentro da Unicamp. Portanto, a gestão pública de Barão Geraldo é um capítulo à parte na administração municipal de Campinas, e é desta forma que eu vejo.

Quero assegurar que, pautado pelo Programa de Governo do PT para Campinas e, ainda mais, pelo Programa do Partido dos Trabalhadores, minha conduta, caso seja eleito, será de incentivar ao máximo (1) a organização dos moradores de Barão Geraldo e (2) a participação franca e aberta no meu mandato, tendo plena abertura para que todos que assim o desejarem, possam colaborar, participar e influir dentro de um modelo de “mandato popular e democrático”.

Ademais, quero afirmar meu compromisso para que a Subprefeitura de Barão Geraldo deixe de ser uma repartição pública decorativa e assuma um papel de protagonismo político no encaminhamento das reivindicações dos moradores do Distrito.

RESPOSTAS ÀS PERGUNTAS ENVIADAS.

  1. Eu, Juliano Davoli, moro no Real Parque e conheço muito bem os problemas da região da Mata Santa Genebra. Primeiro, quero destacar meu apoio e envolvimento com a criação do Parque Rio das Pedras, movimento que há muitos anos vem lutando para transformar a Fazenda Rio das Pedras em um parque público, garantindo ao Distrito de Barão e à cidade de Campinas mais uma área de preservação ambiental e áreas verdes e de lazer para os moradores. O meu apoio inclui a defesa e proposição da implantação planejada dos “corredores silvestres” entre as áreas de preservação da Mata Santa Genebra, da Fazenda Rio das Pedras e das micro áreas internas do Campus da Unicamp – junto com a nova área de expansão da Fazenda Argentina  – com a participação do Instituto de Biologia e do Instituto de Geociências da Unicamp.
  2. Sendo usuário da Rua Eduardo P. de Almeida vivo o dia a dia do transtorno do trânsito na confluência sob a Rodovia Zeferino Vaz. É um problema que se arrasta há anos e deve ter uma solução imediata, mesmo porque é muito simples. Absurdo que até hoje a Subprefeitura de Barão não tenha solucionado o problema. Aliás, a Subprefeitura de Barão parece que não existe, de tão decorativa que é.
  3. Penso que Barão Geraldo deve ser um exemplo de incentivo à locomoção dos moradores por meio de bicicletas. Meu compromisso é com a implantação do maior número de rotas de ciclovias no Distrito, internamente, e até a saída do “tapetão” na Vila Nova, utilizando o canteiro entre as duas pistas, buscando a participação da concessionária Rota das Bandeiras.
  4. Meu compromisso como futuro “vereador de Barão Geraldo”, caso venha a ser eleito, é garantir a construção de mais postos de saúde em Barão Geraldo, mediante estudos circunstanciados de demanda efetiva, que, acredito, deve incluir um posto para atender o Real Parque, Vila Independência, São Gonçalo, Jardim América, Vila Santa Isabel e adjacências.
  5. Sobre a “falta de saída alternativa para reduzir o tráfego pela rua Eduardo Pereira de Almeida  (a  proposta é  abertura de  uma saída entre o Parque  Ceasa e  o CEASA – D Pedro com uma  via de menos de 1km”), em conversa com vários moradores da região, conclui que é uma questão muito delicada, que deve ser estudada e avaliada com muito cuidado. Os moradores temem que uma saída tal como pensada, poderá transformar-se numa via de facilitação do acesso de ladrões e assaltantes, aumentando a gerando insegurança no bairro. Como disse, é um assunto a ser estudado e e muito bem avaliado, e eu estarei plenamente disposto para tanto, se for eleito (ou não).

“Sobre a “Região Anhumas Atibaia  ( Piracambaia, Vale – Village  Bosque e  Guará)”, assumo o compromisso de encaminhar de forma organizada e participativa, juntamente com os moradores desses bairros, todas as oito reivindicações elencadas, por serem demandas juntas e que aguardam soluções há muitos anos (ou décadas).”

Sobre a “Região da Estrada da Rhodia”, da mesma forma assumo o compromisso de encaminhar e propugnar pela solução de todos os nove itens apresentados, especialmente quanto à implantação de ciclovias e de infra passagens para os animais silvestres e medidas correspondentes.”

PROBLEMAS REFERENTES À REGIÃO CENTRAL DO DISTRITO DE BARÃO GERALDO.

As quatorze questões apresentadas e subitens, assim como todas as questões elencadas, mereceriam um tratamento, uma a uma, visto que são, em princípio, relevantes para a população de Barão Geraldo. No entanto, creio não ser o momento.

Não obstante, como já disse, meu compromisso caso eleito vereador, será encaminhar todas as questões de forma aberta e participativa, mediante um amplo chamamento da população de Barão Geraldo, e com a presença da Subprefeitura, para que as questões, uma a uma, sejam respondidas.

Todas as quatorze questões devem ser estudadas e é meu compromisso dedicar o mandato de vereador ao tratamento de todas.

No que tange a questão “14) INTEGRAÇÃO E FORTALECIMENTO DO POTENCIAL TURÍSTICO DO DISTRITO ATRAVÉS (…) DA CRIAÇÃO DE  UM GT PARA  ORGANIZAR UMA INTEGRAÇÃO DOS DIVERSOS TIPOS DE TURISMO  E CRIAR O ROTEIRO HISTÓRICO… “ parece-me perfeitamente pertinente, particularmente, porque encerra uma perspectiva de dar à Barão Geraldo uma dimensão histórica da qual carece. Além das questões elencadas, eu acrescentaria a inclusão da Unicamp como mais um ponto histórico-turistico.

SOBRE A CRIAÇÃO DO PARQUE RIO DAS PEDRAS.

Como já me manifestei enfaticamente no início, sou integralmente favorável à criação do Parque Rio das Pedras levando em consideração todos os aspectos abordados no texto enviado.

Nos termos em que colocaram, “Prezado vereador qual a possibilidade do senhor começar uma negociação (estadual ou federal ) pela transformação da  Fazenda  Rio das  Pedras em Parque Estadual ou municipal que se integraria ao Plano de Integração do Turismo que estamos propondo.”, estou plenamente de acordo e não pouparei esforços para engrossar o Movimento pela criação do Parque Rio das Pedras.

SOBRE AS TRÊS QUESTÕES ENVOLVENDO A REGIÃO UNIVERSITÁRIA: CIDADE UNIVERSITÁRIA E  PARQUE DAS  UNIVERSIDADES.

Todas as três questões são relevantes e serão assumidas pelo mandato de vereador caso venha a ser eleito. ( constante falta d´´agua em bairros altos , como o Pq das Universidades. recapeamento da cidade universitária, construção de uma via que interligue a saída do CNPEM com a avenida do shopping )

SOBRE AS CONSIDERAÇÕES DA PARTE II  – QUESTÕES GERAIS  (CONCLUSÃO).

Compartilho a opinião dos moradores de Barão quanto ao forte “DESPREZO E ABANDONO de Barão principalmente nos últimos 8 anos”, desprezo que se manifesta na forma como funciona e é dirigida a Subprefeitura.

Parece que existe um preconceito contra a população do Distrito, quiçá porque o prefeito e seus secretários considerem que somos uma população de privilegiados. Mesmo que assim seja, não se justifica o abandono em que o Distrito se encontra.

A forte arrecadação de IPTU local deveria ser motivo de uma reciprocidade mais condizente.

Sobre os valores atuais do IPTU em toda a cidade, quero lembrar que é ponto de destaque no meu programa de mandato e no programa de governo do nosso candidato a prefeito Pedro Tourinho a revisão dos valores atualmente cobrados, com consequente redução dos valores atualmente cobrados, particularmente nas áreas de habitações da população de baixa renda.

Por fim, asseguro que meu mandato, caso eleito, será dedicado principalmente aos bairros mais periféricos da população de baixa renda, não só em Barão Geraldo, mas em toda a cidade de Campinas, cuidando para que essa população receba do poder público maior atenção no oferecimento de dos serviços públicos de que muito necessitam.

Juliano Davoli – 13222.

Barão Geraldo, 28 de outubro de 2020.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s