Ambientalismo

Rogério vai ter grupo eleito em Barão para fiscalizar atendimento da Prefeitura

O ex secretário e candidato a prefeito pela segunda vez, Rogério Menezes (número 43 – PV ) prometeu, em primeiro lugar que, se ganhar, assim que assumir vai encaminhar para resolução todas os principais problemas de Barão e propostas (levantadas pelo Jornal de Barão em todos os grupos de bairros) e se compromete a criar um grupo de eleitos no distrito para acompanhar “pari-passu” (passo a passo) o atendimento de todas as demandas . Rogério também se comprometeu a criar um Grupo de fortalecimento e integração do Turismo em Barão e um processo de busca de PPP (Parceria Público Privada) para viabilizar o Parque da Fazenda Rio das Pedras

A 3ª promessa é sobre as distorções dos preços da água, (o que inclui o esgoto) e do IPTU Rogério se compromete a fazer uma “um amplo estudo, uma varredura completa para identificar as distorções nos preços E também segurar, por um tempo, qualquer possibilidade de reajuste do IPTU: “realmente ha valores que não fazem sentido

(VEJAM ABAIXO A RELAÇÃO DE PROBLEMAS , E PROJETOS LEVANTADAS PELO JORNAL ENTRE 20 DE AGOSTO E SETEMBRO em todos os grupos de bairro e apresentadas aos candidatos a Prefeito e de Barão. O candidato parabenizou o jornal pelo amplo estudo de reunir num documento sintético os principais problemas das várias regiões de Barão . O que agradecemos https://jornaldebarao.wordpress.com/2020/10/18/candidatos-com-o-que-se-compromete-em-barao/

(As respostas de Rogério foram gravadas em áudio que não temos como divulgar no nosso site respondendo a relação de problemas e propostas para o distrito levantadas entre Agosto e Setembro nos grupos de bairros

Essa relação já foi divulgada em outra reportagem mas recolocamos aqui caso voces não tenham visto )

Mas ele preferiu não entrar em detalhes sobre cada uma delas pois disse que todas tem “legitimidade” e necessidades real para os moradores. embora seja necessário um estudo de viabilidade técnica – não financeira , se forem bem planejadas num cronograma, dá para todas serem realizadas.

O candidato a prefeito pela 2ª vez Rogério Menezes PV

Grupo de Acompanhamento dos Atendimentos em Barão

Conforme ele mesmo disse “Eu me comprometo que, se eleito prefeito, no dia 2 de janeiro irei criar por decreto “Grupo de Acompanhamento das Demandas de Barão” Que será “eleito por voces“. Barão Geraldo irá indicar representantes que irão acompanhar as obras junto à Prefeitura. ” Vamos criar um cronograma para realizar todas as melhorias necessárias e vamos dar respostas de cada uma dessas demandas. E esse grupo , segundo ele, vai acompanhar e fiscalizar o cumprimento ou o “dar uma resposta” para cada uma das necessidades apresentadas

Esse é um compromisso de quem é sério. Conversa direta. Sem enrrolação e conversa de marqueteiro” …. “Todas as demandas terão respostas específicas. Justificando tecnicamente e apresentando então o resultado do atendimento da demanda.

Criação do Parque na Fazenda Rio das Pedras por “PPP

Rogério Menezes também se compromete a buscar uma “Parceria Público-Privada” (PPP) para viabilizar a criação do Parque de Barão ou da Fazenda Rio das Pedras. Rogério diz que a Fazenda é uma enorme área com grande potencial turístico, científico, de lazer e entretenimento e que é necessário para preservar a qualidade de vida em Barão

Porém Rogério diz que a criação do Parque exige parceria privada pois segundo ele a Prefeitura não tem condições sozinhas de realizar esse investimento, devido a Prefeitura ter o compromisso de implementar o Plano Plurianual do Verde, que estipulou a implantação de 49 parques lineares traçados em toda a cidade, a maioria na periferia e Zona Sul – Campo Grande e Ouro Verde – onde a Prefeitura tem o compromisso de melhorar a relação área verde por habitante. Segundo Rogério, naquela área a média é de 6 m2 de área verde por habitante e o Plano do Verde determina que a Prefeitura tem a obrigação de dobrar para 12m2 por habitante de área verde de uso social na região do Campo Grande e Ouro Verde

Sou totalmente favorável à criação do Parque de Barão É um projeto muito relevante e necessário. Vamos buscar viabilizar uma Parceria Publico Privada para que a conta feche e nós possamos tirar do papel esse projeto já ha muito tempo reivindicado por um movimento forte e reconhecido“.

EXEMPLO DO PARQUE DO CAMPO GRANDE

Rogério declarou concordar com a proposta do Movimento Pró Parque de Barão Geraldo ( de 70% de doação para o parque, em contrapartida à liberação de 30% como área urbana, para empreendimento empresarial ou imobiliário – na área da fazenda limite com Betel e Jd do Sol) e cita como exemplo a negociação feita para a criação do Parque Natural do Campo Grande sob sua Coordenação pois era Secretario do Verde de Campinas.

A proposta aprovada foi a da liberação do loteamento “Bela Aliança”, na Av. John Boyd Dunlop – que estava travado há alguns anos – com a doação de uma grande área de verde para a criação do Parque. Todo o investimento sendo feito pela empresa loteadora (de “quase 1 milhão de reais” segundo ele), pois ficaram responsáveis por todo o cercamento do parque, criação do prédio da Base da Guarda Municipal , da escola de Educação Ambiental e de uma ciclovia em torno do Parque que irão garantir alta qualidade de vida tanto aos novos moradores do Bela Aliança, como demais moradores da região.

Acredito que esse modelo pode nos ajudar à implantação do Parque de Barão . Uma vez que se depender de desapropriação com recursos públicos fica muito difícil no cenário de 2021, 2022. E dá pra fazer isso conciliando com a preservação do Patrimônio Histórico, restauração e até realização de pesquisas, juntamente com a Unicamp em vários campos do conhecimento“.

Sobre o caso de se existir um empreendimento imobiliário na parte mais descampada da Fazenda – que geologicamente é mais alta e em declive para a área onde estão a Lagoa e a área de Matas, que são tombadas. Rogério diz que há todas as condições de impedir que os resíduos desçam para a APP da lagoapois já é possivel com todo o conhecimento técnico garantir a retenção :

Há todas as condições técnicas de se fazer um a drenagem bem feita , com gradeamento, segurando com retenção possível resíduos que possam ser levados pelas águas, para proteger o parque e as áreas de preservação ambiental, para que não haja impacto do futuro empreendimento que seria realizado nessa área à montante do Parque

INTEGRAÇÃO E FORTALECIMENTO DO POTENCIAL TURÍSTICO DE BARÃO

Rogério também se comprometeu a criar um grupo técnico para fortalecimento e integração do Turismo em Barão. Esse grupo ira organizar os diversos segmentos e fomentar o Turismo local. Incluindo a criação dos pontos turísticos históricos com o tombamento e preservação de Marcos Históricos do distrito , como do prédio da Estação, do Sobrado do Barão (sede da Fazenda Santa Genebra ) e outros patrimônios citados pelo Grupo pela Preservação da História de Barão.

Entretanto, o Turismo em Barão seria composto pelos segmentos: turismo gastronômico (bares e restaurantes) , científico ( CNPEM, Unicamp, CNPq , Mata etc) , Cultural (Lume, Galpão, CUpinzeiro, Berra Vaca, Unicamp, Pça do Côco) Ecologico , Rural ( Mata, outras matas, fazendas, haras, pesqueiros, agro-florestas, Parque Ecológico, etc), Educacional (Unicamp, Pucc, Facamp, Rio Branco, Objetivo, Progresso, Escola do Sítio, AKATU, B Geraldo Rezende, etc), e o Turismo de Solidariedade (Boldrini, Sobrapar, Pró-Menor, AMIC, NAS, Bom Pastor, Rotary, etc), faltando, como vimos apenas o Histórico que ainda nao existe. Porém , numa divulgação coletiva do Turismo, em qualquer lugar é o Histórico – sem fins lucrativos – que integra a todos, todos os segmentos acima devem fazer propaganda uns dos outros, nos mesmos materiais, bancados, no caso pela Secretaria de Turismo que faria a divulgação e congregação de todos

Revisão das tarifas de IPTU e da SANASA (água e esgoto)

Rogério diz que visitando toda a cidade tem reparado muitas distorções dos preços da água é esgoto e do IPTU. Rogério se compromete, que assim que eleito , irá fazer “um amplo estudo, uma varredura completa para identificar as distorções nos preços. E também segurar, por um tempo, qualquer possibilidade de reajuste do IPTU:

“Realmente encontramos muitos valores que não fazem sentido! E com isso estão diminuindo a competitividade da cidade comparando com as cidades da região . Então por isso , assim que eleito vamos iniciar um amplo estudo

Sobre o IPTU Rogério diz que não é possível reduzir de imediato, mas que deve ser mantido porque ao longo do tempo a inflação vai xcorroendo. “E enquanto a gente mantém sem reajustar a gente vai revendo e estudando detalhadamente, a questão do IPTU e do valor da SANASA cobra em todo o território, pra corrigirmos distorções e acharmos soluçõe s

“Não posso prometer que se vá , generalizadamente reduir o IPTU porque todos nos sabemos que que isso nao é possivel. Mas precisamos fazer uma “releitura do território, ver onde a coisa estrapolou e onde tem distorções pra podermos corrigir. Esse é um compromisso do Partido Verde”

Veja o resumo da biografia de Rogério Meneses e do candidato a vice Adalberto Maluf

Rogério Menezes

Ex Secretário Municipal do Verde, Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável de Campinas de 2013 a 2020;

Foi candidato a vice Governador do Estado de São Paulo na chapa encabeçada pelo ambientalista Fábio Feldmann,

Ex-Secretário Adjunto de Estado de Saneamento e Recursos Hídricos (entre 2011 – 2012);

E ja foi candidato a prefeito de Campinas pelo PV em 2012;

  • Ambientalista, formado em Oceanografia pela Universidade Federal de Rio Grande-RS (1989);
  • Mestre em Ciências/Ecologia pela mesma Universidade (1992);
  • Professor de Biologia/Ecologia dos Colégios “Cristo Rei” e” Criativo” em Marília -SP (1993-1997);
  • Secretário de Agricultura e Meio Ambiente de Marília-SP (1997-2000);
  • Vice-Presidente do Comitê de Bacias Aguapéí-Peixe (1999-2000);
  • Coordenador de Recursos Hídricos da Secretaria de Recursos Hídricos do Estado de São Paulo (2000-2002);
  • Coordenador Adjunto do Fórum Nacional de Comitês de Bacias (2001-2003);
  • Coordenador do Curso de Engenharia Ambiental das Faculdades Adamantinenses Integradas-FAI-Adamantina-SP (2003-2007);
  • Coordenador do Curso de Especialização em Avaliação de Impactos Ambientais -FAI-Adamantina-SP (2004);
  • Professor de Biologia/Ecologia no Colégio Progresso Campinas-SP (2007 -2008);
  • Secretário de Meio Ambiente de Diadema-SP (2009-2010);
  • É membro das Executivas Estadual e Nacional do PV e candidato a prefeito de Campinas.
  • Professor convidado em bancas de TCCs – Trabalhos de conclusão de curso , da graduação em Biologia da PUCCAMP, de 2006 a 2011;
Rogério e Adalberto

ADALBERTO MALUF

Adalberto Maluf é empresário, presidente da ABVE (Associação Brasileira do Veículo Elétrico) e membro do conselho da ABSOLAR (Associação Brasileira de Energia Solar Fotovoltaica) e da ABGD (Associação Brasileira de Geração Distribuída).

Adalberto é Diretor de Marketing, Sustentabilidade e Novos Negócios da gigante de energia limpa e mobilidade elétrica da BYD (Build Your Dream). É bacharel em Relações Internacionais e Mestre em Economia Política Internacional pelo Instituto de Relações Internacionais da Universidade de São Paulo (IRI/USP). Antes da BYD, Adalberto trabalhou na Prefeitura de São Paulo entre 2006 e 2007 e foi diretor da Clinton Climate Initiative (parte da Fundação Clinton) em parceria com a da Rede de Cidades C40 (Large Cities Climate Leadership Group) em São Paulo de 2007 a 2014.

O vice prefeito Henrique Teixeira (a esquerda) e Rogério Menezes (a direita)

PROJETO QUAIS OS PROBLEMAS DE SEU BAIRRO ?”

Caro  candidato  Barão  Geraldo  tem  três  principais  problemas  de linhas gerais a serem resolvidos  urgentemente:

  1.  o excessivo  enfraquecimento  e desprezo por parte do poder público (e a reboque da  mídia de Campinas que se centraliza nele);
  2.  o crescente  desconhecimento e desprezo pela História  e Cultura local que faz o poder público (e a reboque a mídia) fortalecer concepções  antigas  e ultrapassadas do lugar;
  3.  Esse desprezo  se fortalece com a excessiva polarização política e o crescente desconhecimento e desprezo dos  constantes  novos moradores – (não estudantes) pelas necessidades, cultura e  história local, levando à um exagerado e  crescente  individualismo  ou atomização familiar  que  só consegue   pensar em questões   excessivamente  pontuais, atuais,  globais e necessidades  físicas  imediatas e, no máximo, a um fortalecimento de formulas  morais  altamente conservadoras e pouco

Ao contrário do que a grande maioria ainda  pensa, Barão Geraldo  NÃO É UM BAIRRO!! E sim tem cerca de 70 bairros  e vários deles com populações de  classe media  baixa e baixa. Além disso, a economia  a reboque da  Unicamp JA ESTAVA FRACA antes   e não voltará a ser como era tão cedo

Além disso, Temos DEZENAS de problemas distribuídos pelos vários bairros e  regiões de Barão  (uma cidade com quase 60.000 moradores fixos,  mesmo não sendo município, infelizmente. maior que pelo menos 50% dos municípios brasileiros)

Costumam dizer que ao vereador cabe apenas fiscalizar Mas não é verdade Ele também não só indica problemas e projetos ao executivo , como também influencia nas decisões do executivo, secretários, empresas e departamentos municipais, e por isso pode (e deve, a nosso ver) auxiliar muito na execução de problemas e projetos nos bairros. Além de que a Câmara também legisla e aprova decisões, homenagens, nomes de ruas e praças, e eventos independente do executivo.

Perguntamos  em todos os  grupos de bairros  quais eram os principais problemas para enviarmos a voces  . Em pouco mais  de 2 semanas  tivemos a seguinte lista abaixo: 

PARTE  1 –  DESSES problemas  e propostas  abaixo, Com qual delas voce como candidato  se compromete  a  defender e  lutar por sua resolução se eleito; Quais  se compromete a apenas  indicar  ou propor solução  ou  com  quais não sabe, discorda, tem duvidas, e não pode dizer agora só depois , se  eleito for? 

SOLICITAMOS RESPOSTAS  GRAVADAS  OU ESCRITAS  DE QUAIS SE COMPROMETE  PARA DIVULGARMOS  Pois é isso que  grande parte dos moradores  mais reclamam de vereadores e prefeitos em geral Dividimos  Barão em várias   regioes – Regiao da  Estrada da  Rhodia– Região da  Mata S  Genebra– Região  entre  Anhumas e  Atibaia – Região  Central – Região Universitaria  

a) Região da  Mata:  – solução efetiva  e pacificação  da ocupação da beira do  “Córrego da Onça” no Real Parque pelo Conjunto Recanto  dos Pássaros  que ocupa a beira do  rio  ( fornecer  moradia efetiva para todos  ou regularizar ocupação no local de manancial) – falta de Posto de  Saúde,  – falta de saída  alternativa para reduzir o tráfego pela rua Eduardo Pereira de Almeida  (a  proposta é  abertura de  uma saída entre o Parque  Ceasa e  o CEASA – D Pedro com uma  via de menos de 1km),– falta de sinalização  e semáforos no Pontilhão da Zeferino , com rua  Eduardo-falta de  ciclovia  e falta de  calçadas entre  a Mata Santa Genebra e  os  bairros  vizinhos ao  Sul  (Terras e  Vitoria Ropole) , – falta de  calçadas e  ciclovia na Rua  Eduardo Pereira de Almeida até o Jd Independência– falta de passagem e  Corredor  de animais  na Rodovia  Zeferino  Vaz entre a  Mata e a Fazenda  Rio das  Pedras e deste ao Ribeirão das Pedras e  outros mananciais e pequenos  fragmentos (na Estrada da Rhodia) Mais de 10 animais  silvestres  foram  encontrados mortos nas estradas este ano; b) Região Anhumas  Atibaia  ( Piracambaia, Vale – Village  Bosque e  Guará) :  1) Regularização e  pacificação dos  loteamentos  rurais  do Piracambaia  e Vale das  garças, (trata-se de área  rural e alagável, com centenas de moradias   Aprovados na Câmara  há mais de 30 anos.) Há uma queda de braços  entre O Vale das Garças que vem sendo beneficiado   e o Piracambaia  que sofre contínua fiscalização e ameaças. 2) Esgoto e regularização do  solo do Village para  possibilitar o asfaltamento das principais  ruas,  3) asfaltamento do  Bosque  das Palmeiras,  (além de vários outros pedidos)4) Ampliar a iluminação e a criação de  acostamento, ciclovias e  calçadas   nas principais  vias e estradas   que ligam os  bairros  aos principais  fluxos ( no caso a Rodovia SP340 de um lado e a Estrada da Rhodia de outro) que  são: a  rua Francisco Cândido  Xavier, a rua Luiz Antonio Lalloni 5) iluminação e  alargamento da  rua Weimar Morandi,  6) alargamento ou acostamentos  na rua Bortolo  Martins; d) acostamento ,calçadas e ampliar iluminação nas av. Francisco Cândido  Xavier e av Luiz Antonio Lalloni  (onde ha muitos acidentes)7) Conserto e reabertura da  ponte que da outra entrada entre  Guará e  interligação com a av Francisco  Cândido Xavier    8) estudo e  possibilidades de saída para D. Pedro  sem passar pelo centro de  Barão ( ou margeando pela  Cidade  Universitária , ou   pela  fazenda Argentina interligando a rua Ricardo Benneton Martins com rua Paulo de Tarso (e desta com a rotatória da Praça carlos Foot Guimarães ) ambas saindo na saída da Avenida  do  Shopping (av Guilherme Campos);

c) Região da Estrada da Rhodia

1) ampliar acostamento da Estrada (incluir ciclovia lateral), e colocar divisória entre as pistas ida e volta (para impedir mudança de faixas que ocorre em alguns trechos2) fazer rotatória no  encontro   da Av Honório Chiminazzo (que vem de Betel), com a Estrada da Rhodia entre os bairros  Terras de  Barão e  Vila Holândia. se possivel com semáforo3) reforma e reabertura da ponte do Guará, (que liga com a Estrada da Rhodia)4) Passagem de animais  (inferior) com levantamento, “guard rail” e Sinalização e  proteção contra acidentes com animais na pista, (foram cerca de 6  mortes de animais silvestres  que  mobilizam uma parte da  população) 5 ) Passagens para pedestres em alguns trechos  com faixas levantadas e sinalização 6) Asfaltamento ou alternativa  urgente no  Jd. Solar de Campinas 7) Planta  Pluvial  (Solar de Campinas Jd do Sol) 8) Lombadas  e ciclovias na rua Antônio  Marascalchie  colocação de placas  de Sinalização de pedestres e ciclistas  na  mesma rua  9) Fiscalização contra queimadas e  tráfego de animais  na Estr da Rhodia

Região  Central de  Barão:   

1)  BARÃO SEM ZONA AZUL Os moradores  já avisaram várias vezes que não querem a  implantação de  Zona Azul  no centro de Barão porque  privilegiaria uma minoria2) Integração Comércio e Cultura – Precisamos de maior integração entre comércio e empresas e entidades culturais locais para discussão de projetos como do Carnaval e Natal Como as necessidades do comércio de maior tempo de abertura se contrapõe com crescente reclamações da Lei do silencio contra alguns bares pancadões e rachas na área  central. E preciso uma rediscussão local para fechamento de um acordo3) EXCESSO DE BANCAS DE  COMÉRCIO  NAS PRAÇAS CENTRAIS Muitos moradores reclamam do excesso de bancas de comércio  autorizadas na Praça 30 de dezembro e Praças do Côco que deveriam ser somente ao passeio público 4) ASFALTO EM FRENTE AO SANTANDER ha décadas que moradores e comerciantes reclamam do asfalto ondulado que é perigoso e pode causar acidentes . no local. Precisa de manutenção constante e peruas ao invés de ônibus5) LIMPEZA Há  constante  reclamação  de muito lixo e sujeira  nas calçadas  na região central (que piorou na pandemia) e  há exigência de limpeza  mais frequente nessa região  6) SAÍDA  PARA ZEFERINO: Saída entre a rua Luiz Vicentin e a rodovia Zeferino  Vaz  e ponto de ônibus na estrada; 7) LIBERAR RUAS E LOCAL PARA MOTOBOYS Liberar acesso a rua Jean Nasssif  Mokarzel  bloqueada  por casas  irregulares   Há também   reclamações    de estacionamento de  motoqueiros  e  proposta de  criação de um local central com eles 8) CALÇADÃO NO CENTRO: Algumas pessoas pedem a criação de um calçadão no centro entre a Pça 30 de Dezembro e a av Ângelo Vicentin  fechado ao trânsito para Comércio gastronomia e lazer 9) FESTA DE ANIVERSÁRIO DE BARÃO – VOLTA DA INDEPENDENCIA = No passado  todo  dia 30 de Dezembro havia festa e a Volta da Independência para comemorar o aniversario do  distrito  Porque não tem mais?10) PROB SINALIZAÇÃO várias  ruas  estão com  problemas  de sinalização como as ruas Carlos Martins e Quintilio Marceloni (não há calçada). com a rua José Martins 12) PRAÇA JD INDEPENDÊNCIA Iluminação  da praça  do Jd Independência  com brinquedos aparelhos de ginástica, pista e campo de futebol society;13) REFORMULAÇÃO DA COPA BARÃO  Ha uma proposta para  que a Copa Barão de Futebol tenha  premiação aos vencedores e menor custo para os times que consideram excessivo Com patrocínios  não e possível essa premiação?

14) INTEGRAÇÃO E FORTALECIMENTO DO POTENCIAL TURÍSTICO DO DISTRITO

ATRAVÉS POR EXEMPLO DE CRIAR UM GT PARA  ORGANIZAR UMA INTEGRAÇÃO DOS DIVERSOS TIPOS DE TURISMO  E CRIAR O ROTEIRO HISTÓRICO ATRAVÉS DE: 

a) Tombamento, Preservação e disponibilização ao publico do prédio da Estação  Barão Geraldo  que deu origem à vila e  distrito e criação de um Centro de Cultura e Museu Histórico de Barão;b)Tombamento e Preservação do Sobrado do  Barão Geraldo e preparação para visitação pública guiada e particular  (O mesmo  com a Rio das Pedras)c)  Tombamento e preservação da  Praça do Capão do Boi e realização de eventos (aniversario do distrito, como antigamente havia);  c) Tombamento e  Preservação da Praça de Esportes Orestes  Quércia e colocação do  nome de  Lázaro  de Campos Faria (antiga reivindicação ) na praça Mario Gadiolli  d ) Tombamento  e preservação do Salão Comunitário   e)  Preservação da parte principal da Fazenda  Rio das Pedras e abertura para o publico com visitação guiada  f) Tombamento e  preservação da  Av Maria  Amélia de Bambu pelo IAC e reabertura com ciclovia  interna; g) Repensar e reorganizar o Carnaval de Barão para mantê-lo integrado  h) Modificar a divulgação da Lenda  do Boi Falô  com outras  versões mais tradicionais locais,i) Mudança do nome de algumas ruas para  valorizar  antigos líderes de Barão:  j) reconstruir  o coreto  na Praça da igreja k) colocar um quiosque  de  informações  e promoções turísticas  na  praça de  entrada de Barão (que se propõe o nome Capão do Boi (lugar tido como “sagrado” pelos antigos) L ) CRIAÇÃO DO PARQUE RIO DAS PEDRAS Existe um grande  movimento em Barão  pela transformação da  Fazenda Rio das Pedras em Parque.  A fazenda tem mais de 230 anos e já  existia  desde os primórdios de Campinas (ha documento de 1799)  E ja existe ate  proposta de negociação nesse sentido.  A justificativa é que uma grande parte de  moradores não querem maior adensamento populacional em Barão (Nem predios  nem grandes loteamentos)  porque isso significa  mais transito mais poluição, mais esgotos, mais  barulhos, etc. Há uma tendência grande da  Unicamp diminuir cada vez mais  aulas  presenciais com alunos aqui. E nós queremos manter a qualidade de vida rural ) Com  o Secretario de Planejamento anterior quase isso se tornou realidade com uma abertura por parte do proprietário. Prezado vereador qual a possibilidade  do senhor em começar uma negociação (estadual ou federal ) pela transformação da  Fazenda  Rio das  Pedras em Parque Estadual ou municipal que se integraria ao Plano de Integração do Turismo que estamos propondo.  A Fazenda e importante para: 1) Preservação ambiental e integração de corredores ecológicos e de fauna  entre a Mata  Santa Genebra e Ribeirão das Pedras  e outros maciços arbóreos; 2) Preservação  Histórica  de 3 ciclos econômicos do pais;  cana café  e e  urbanização em 3 séculos 3) Pesquisa Universitária/cientifica  em  História, Arqueologia da  Escravidão,  Arquitetura e Urbanismo, Agronomia e agroecologia,  Biologia, Esportes  e educação física, Turismo Artes e  Cultura, 4) poderia  ser sede de ONgs de Cultura do Carnaval por isso   poderia ser administrado por um pool de empresas e prefeitura, como o Parque da Água Branca  em São Paulo, uma das sedes da Secretaria de Agricultura),  e ter inúmeros cursos  e serviços para a  população como (de passeio de cavalos equoterapia etc.  Gostaríamos de saber se o senhor se tornaria  um defensor dessa proposta como prefeito mas ate mesmo como pessoa  e se estiver em outro cargo? Região Universitária: (Cid Universitária e  Parque das  Universidades1) Recapeamento (pago) da  Cidade  Universitária  Partes 1 e 2 os moradores pedem o recapeamento e se comprometem a pagar (desde que um preço possivel de pagar) ; 2) SAÍDA  ALTERNATIVA CNPEM- D.PEDRO Interligação entre a rua Ricardo Benneton Martins com rua Paulo de Tarso (e desta com a rotatória da Praça Carlos Foot Guimarães ) ambas saindo na saída da Avenida  do  Shopping
 3) FALTA DE LUZ E AGUA EM BAIRROS ALTOS  Em Barão é quase diário  (pelo menos 1 vez por semana) a interrupção de água ou da luz nos bairros  mais altos  (Bosques, Pq  Universidades, Jd Alto,  e  Mata  (R. Parque S Gonçalo etc)

Caro candidato Não é necessário  responder  em considerações detalhadas ponto por ponto a cada uma das reivindicações.  Podem agrupá-las  assim 

1)  As que voce se compromete a defender

2) As que  voce concorda e se compromete indicar e solicitar ao executivo

3)  As que voce não se compromete  agora, mas  se compromete após eleito  a  receber grupos e propostas para encaminhar possibilidades

4) As  que voce acha difícil  ser realizada porque envolve várias questões  juridicas e economicas e/ou não são prioritárias 

PARTE II  – QUESTÕES GERAIS  (CONCLUSÃO)

Caro candidato Como pode ver são  inúmeras questões  levantadas  em apenas 2 semanas  de pesquisa. A lista é grande porque acumulada. Por isso mesmo, a maioria dos moradores de Barão  considera que houve  e há um forte  DESPREZO E ABANDONO  de  Barão principalmente nos últimos 8 anos (e nas gestões anteriores também  claro) e que Barão  é vista com preconceito (principado, privilegiado e etc); enquanto outros  distritos estão bem mais integrados  e assumidos pela prefeitura.  (Um  exemplo  foi a discussão do Plano Diretor em que foi desprezada a vontade da maioria local por maior preservação das áreas ecológicas,  rurais, ecovilas e uso turístico.)  Além   do desprezo pela  Historia  Local  ( não apoio à  Festa S  Isabel, nao colocar nomes de  lideres baronenses , nao preservar  Estação e casas das Fazendas, a versão local da Lenda do Boi , nao comemorar o aniversario do distrito, nao promover o turismo local etc  

Os moradores  dizem que o IPTU  é absurdamente alto demais e  não tem nenhum retorno  público para os bairros (sobretudo os bairros  mais periféricos  acima citados  que precisam de asfaltamento, calçadas, iluminação, ciclovias, acostamento,  lombadas, passagens,  sinalização, proteção, e  integração com Campinas )  Além  é claro da questão Cultural e de  Lazer como a  criação do Parque  Rio das Pedras, Preservação da Estação e Museu, e integração e divulgação do turismo local (como ja é feito em Sousas e Joaquim Egydio).   

Sabemos  que a  lista  é muito grande .  Mas  devido ao forte desprezo  da  atual administração – incluindo a oposição na Cãmara  (que tratou Barão como  um bairrozinho) com  vista a  isso ,  quanto e com  o que objetivamente o senhor poderia se comprometer  em realizar  e as que encaminhará apenas para execução??Quais as  prioridades  que o senhor propõe para Barão ?

aguardamos  seu retorno

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s