Falecimentos

Falecimento: ELIZA MIRANDA RIBEIRO

Informamos o falecimento no ultimo dia 3/11 de dona ELIZA MIRANDA RIBEIRO, moradora do Jd. Independência, aos 94 anos.

Conforme informou sua filha Arilda Miranda Ribeiro, ela faleceu de pneumonia que ja tinha tido antes. Este ano, ja meio fraquinha, conseguiu passar pela pandemia sem pegar o virus da Covid. Mas no ultimo dia 27 foi internada no Hospital Santa Thereza em Campinas e no dia 3 ela não resistiu. Mas antes disso ela recebeu a extrema unção do Pe. Luis Carlos, como ela queria. Ela deixou 4 filhos, 4 netos e 2 bisnetos.

Segundo Arilda, Eliza nasceu em Porto Murtinho (Mato Grosso do Sul) em 12/03/1926. Estudou em colégio de freiras na cidade de Bela Vista, MS na infância quando aprendeu a costurar. Foi Costureira e fazia flores artesanais. Depois de casada com o militar Ary Escobar Ribeiro em 1955, ainda trabalhou comprando roupas em São Paulo para vender em sua cidade (no MS) para ajudar a pagar a faculdade de seu pai Ary que fez Direito em São João da Boa Vista. Como militar eles moraram em vários estados diferentes. Mas em 1975 dona Elisa decidiu vir morar em Campinas. “Ela escolheu Campinas como a melhor cidade para eles viverem o resto da vida” .

E estava certa . Veio morar no Cambuí. Mas logo ficou pronto o loteamento Jd Independencia , e com isso eles decidiram vir para Barão quando as ruas ainda eram de terra. Segundo Arilda dona Eliza era muito católica e começou o trabalho de “benzedeira” com crianças e participava e ajudava assiduamente na Paroquia de Santa Isabel. e nas Festas de Santa Isabel e da comunidade do Salão Comunitário onde participou de várias festas como o Carnaval. “Ela era muito festeira, Adorava um baile ou de carnaval. Ela mesma costumava suas roupas. Tinha um sorriso suave. Era amável, gentil com todos que a cercavam. “

Arilda disse que hoje as crianças benzia na época, já são adultos. E varios ela voltou a conhecer Dona ELiza perdeu seu marido o advogado Ary em 2010 por infecção hospitalar. Mas depois disso ela continuou participando da comunidade agora mais da Frei Galvão com o Pe Luis Carlos sempre ajudando no que podia. “Foi uma pessoa muito caridosa e ajudou muitas pessoas . Era muito fina, educada . Nunca brigou com ninguém Acho que o que mais marcou a todos que a conheceram foi o seu sorriso” – disse Arilda

Dona Elisa foi sepultada no Cemitério N S Conceição dos Amarais no dia 4 e hoje foi sua missa de 7º dia O #jornaldebarao lamenta a perda de pessoa tão querida e envia sentimentos à Familia

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s