Bairros

Não haverá vacinação em Barão. Vereadores querem em todos os C.S.

Na quinta passada Dário Saadi anunciou que Campinas estava pronta para a vacinação que só seria aplicada em 5 pontos da cidade. (já nesta quarta). O mais próximo será no Centro de Vivência do Idoso que fica no portão 5 da Lagoa do Taquaral.

A coordenadora do Devisa (Vigilancia sanitaria) Andréa Von Zubem disse que essa medida é para dar mais rapidez e agilidade à vacinação , em lugares de fácil acesso e amplos em que não haja aglomeração, é para que haja segurança para a população, servidores e para as vacinas. Segundo ela tais 5 pontos foram escolhidos “pela localização, facil acesso, estacionamento, linhas de onibus , etc.

Contra isso, os vereadores do PT Cecílio dos Santos e Guido Calixto e Higor Diego (do Republicanos de Saadi) estão questionando e exigindo que a prefeitura aplique a vacina em todos os postos. Cecílio protocolou uma indicação dirigida ao prefeito Dario Saadi para que utilize a rede de mais de 60 Unidades Básicas de Saúde na vacinação, assim como ocorre em diversas outras campanhas.

Segundo ele, a centralização da aplicação das vacinas pode trazer vários problemas, desde aglomerações e aumento do fluxo de pessoas, principalmente no transporte público. Isso pode aumentar o risco de transmissão da doença justamente quando se inicia o trabalho de imunização.

Além disso, o vereador aponta que a centralização em apenas cinco pontos vai dificultar o acesso ao imunizante, o que pode levar a uma menor cobertura da vacinação. “Um morador do Campo Grande, por exemplo, terá que se deslocar até o Naed Noroeste, na Vila Padre Manoel da Nóbrega, a muitos quilômetros de sua casa”.

Cecílio apontou também que na primeira etapa, quando os profissionais de saúde serão vacinados, não faz sentido fazer com que saiam dos locais de trabalho onde poderiam receber a vacina. A partir da segunda etapa, com os idosos, a dificuldade de locomoção e os riscos a que serão expostos podem ser muito prejudiciais.

Ja a vereadora Guida Calixto protocolou requerimento de informações ao Executivo no qual demanda informações do prefeito sobre a descentralização de locais de vacinação para atendimento a idosos contra o Covid-19. “Locais centralizados são insuficientes para a demanda de pessoas a serem vacinadas nessa primeira fase, além de dificultarem o acesso dos idosos, que serão obrigados a se locomoverem, muitas vezes acompanhados, ampliando a circulação de pessoas em transportes públicos precarizados”, diz Guida

Higor Diego (Republicanos) oficiou a Prefeitura de Campinas para que o Executivo determine pontos de vacinação contra a Covid19 nos distritos do Ouro Verde e do Campo Grande. “Os cinco locais pré-determinados pela prefeitura e pela Secretaria de Saúde de Campinas são muito distantes dos dois distritos, que juntos contam com mais de 662 mil habitantes, ou seja, 50% da população da cidade. A distância gera uma grande dificuldade no deslocamento dessas pessoas até os locais de vacinação”, destaca ele.

foto Carlos Bassan Divulgação

(AB)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s