Arte&Cultura

Laboratório Cisco faz 18 anos e pede apoio para realizar mais um filme

A produtora de cinema “Laboratório Cisco” , localizada em Barão, está comemorando 18 anos de sua oficialização como núcleo de produção e pesquisa audiovisual e lança uma campanha para produzir uma série . Trata-se de uma campanha de financiamento coletivo para a realização de uma série sobre a cultura e a biodiversidade de Paraty e Ilha Grande, região recentemente titulada como “Patrimônio Mundial pela Unesco”.(E GANHA PRÊMIOS – CLIQUE ABAIXO)

Desde a criação da produtora, os fundadores Coraci Ruiz, Julio Matos e Hidalgo Romero se preocupam em criar obras engajadas, que contribuam para a reflexão do contexto social em que se inserem. Um dos pilares da pesquisa do grupo é a cultura popular brasileira. Na série “Taquaras, tambores e violas”, por exemplo, os próprios integrantes das populações tradicionais são convidados a narrarem suas histórias, os modos de produção artesanal dos instrumentos e os costumes de cada região. Assim, o protagonismo não está naqueles que chegaram de fora, mas sim naqueles que mantêm essas tradições vivas.

Outro grande enfoque nas criações do Laboratório Cisco é o meio ambiente. Esse tema já foi tratado na série “Da Nascente à Foz”, que percorre as águas de sete grandes rios brasileiros, e mostra os impactos que a irresponsabilidade e o descaso por parte da sociedade podem causar na biodiversidade e na vida das comunidades ribeirinhas.

Em 2019, Paraty e Ilha Grande foram titulados como “Patrimônio Mundial pela Unesco”. O território agora é um Sítio Misto, reconhecido tanto pela sua biodiversidade quanto pelo valor de suas culturas vivas, manifestadas nos modos de ser e fazer de suas populações tradicionais. A produtora viu nessa titulação a oportunidade de unir dois conteúdos que impulsionam suas criações, e firmando uma parceria com o Instituto Ipemar, lança uma campanha de financiamento coletivo para a produção da série Paraty e Ilha Grande – patrimônio vivo. O projeto foi aprovado no programa Matchfunding BNDES + Patrimônio Cultural.

Os seis episódios da série vão focar em diversos elementos de Paraty e Ilha Grande, como os modos de pesca, a culinária, arquitetura, agricultura e festas populares. Além dos temas sobre a cultura, a série irá mostrar a riqueza da biodiversidade da região, que é cortada por quatro áreas protegidas (Parque Nacional da Serra da Bocaina, Apa Cairuçu, Parque Estadual da Ilha Grande e Reserva Biológica da Praia do Sul), afirmando-se como área fundamental para a preservação da fauna e flora da Mata Atlântica. O Laboratório Cisco retoma essas temáticas, com a maturidade dos seus 18 anos de pesquisas e criações. A produção ficará disponível em canais na internet e vão compor acervos de associações comunitárias, museus, centros culturais e agências de turismo.

A campanha de arrecadação para a realização da série tem curta duração, e vai até o dia 25 de fevereiro. Para os doadores, serão oferecidas várias recompensas, como hospedagens e mergulhos em Ilha Grande, produtos locais como cachaças, artesanatos e cosméticos naturais, artes e fotografias de artistas da região, entre muitos outros. As doações serão triplicadas pelo BNDS, ou seja, a cada 1 real recebido do público, o banco colocará 2 reais. Porém, se o valor mínimo não for atingido, o dinheiro terá que ser devolvido a quem contribuiu.

As doações podem ser feitas através do site benfeitoria.com/paratyilhagrande.

Lá estão todos os detalhes sobre a série e as recompensas do projeto.

Mais informações:benfeitoria.com/paratyilhagrandecontato@ipemar.org.br

fotos de Boris Mercado

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s