Primeira página

Assassinato por mudança de lixeira em Artur Nogueira

assassino está internado na Unicamp

Um proprietário precisava tirar a lixeira da porta de seu empreendimento – para passagem – e acertou com serralheiros para fazer isso. Um outro proprietário chegou ao local agredindo todo mundo voltou e atirou na mulher de um dos serralheiros. Foi esfaqueado pelo pai dela e atirou na cabeça do senhor.

Uma discussão sobre a instalação de uma lixeira terminou com duas mortes e dois feridos em Artur Nogueira (SP), na manhã deste domingo (28), segundo relato da Guarda à Polícia Civil. O caso ocorreu na frente de uma propriedade localizada em vicinal da Rodovia dos Agricultores, zona rural.

Segundo a EPTV o dono do imóvel é de Sumaré (SP) e contratou uma equipe de serralheiros para instalar um portão na área. Por causa desse trabalho, eles teriam feito a remoção de uma lixeira externa e reinstalaram o equipamento a cerca de 50 metros.

Um morador da região, que discordou da mudança, teria ido ao local com um funcionário até a frente do imóvel, onde começaram as divergências. Segundo testemunhas, durante a confusão este morador foi até uma caminhonete, pegou uma arma e fez disparos para o alto e contra o grupo.https://tpc.googlesyndication.com/safeframe/1-0-38/html/container.html

“Já chegou atirando. Não tinha como correr. Se corresse, ele ia matar todo mundo.”, disse um dos serralheiros, Anderson Bezerra.

O funcionário dele, que estava com um facão, foi atingido e teve a morte confirmada no Hospital Samaritano, na cidade. Além disso, a nora de um dos serralheiros ficou ferida após ser atingida no braço.

Na sequência, um dos serralheiros, também com facão, tentou defender o grupo e desferiu um golpe que feriu o morador armado com uma pistola, mas em seguida ele também foi baleado e morreu.

As duas vítimas são Damião Berengel e Rodrigo Carvalho. Os corpos foram encaminhados para o Instituto Médico Legal (IML) de Americana.

A mulher ferida e o atirador foram inicialmente levados também para o Hospital Samaritano. O suspeito, que teve o braço ferido, está sob custódia, segundo a Polícia Civil, e foi transferido para o Hospital de Clínicas da Unicamp, em Campinas (SP). Não há detalhes sobre o estado de saúde deles.

O caso foi registrado na delegacia de Artur Nogueira. No local foram apresentados pela Guarda Municipal facões, arma e munições apreendidos durante a ocorrência.


(Tais discussões ocorrem muito em Barão – Talvez sirva de alerta)

foto de Giuliano Tamura EPTV

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s