Ambientalismo

Temporal traz inundações e quedas de árvores em toda a região

O temporal que caiu esse final de tarde 26/2 na região de Campinas deve ter deixado muitos acidentes e problemas.

Em Barão ja sabemos da queda de uma arvore na Avenida 2 (Atilio Martini) alagamento de uma casa na rua Aristides Lobo (parte 2) e das costumeiras inundações na estrada da Rhodia com rua Mª Tereza Dias da Silva e Heitor Nascimento

Importante dizer que o Rio das Pedras por baixo da Estrada da Rhodia foi “limpa” por maquinas esta semana e a rua Heitor Nascimento foi lavada HOJE pois estava cheia de terra desde a ultima inundação

Segundo a Defesa Civil de Campinas a chuva marcou o maior índice pluviométrico da semana na cidade. Em cerca de 1h20 de duração da chuva, eles registraram o maior índice de chuvas na avenida Orosimbo Maia, com 59,2 mm até as 19h30 desta sexta-feira. Na região central da cidade, em média, foram 36,4 mm de chuva. No Centro e do Cambuí houve granizo.

Até 19h30, a Defesa Civil foi acionada em 12 ocorrências:_ na região Sul da cidade, uma de alagamento de imóvel no Parque Jambeiro e uma queda de árvore no Jardim Santa Eudóxia;_ na área Leste, alagamentos em duas vias públicas, rua Manoella Candida de Paula no Núcleo Residencial Getúlio Vargas, e na Rodovia Engenheiro Miguel Noel Nascentes Burnier, no Parque São Quirino, alagamento de um imóvel e queda de muro no Jardim Madalena, inundação de uma residência também no Parque São Quirino, e a queda de árvore na Chácara Primavera;_ na região Norte, alagamentos em imóvel (rua Aristides Lobo) e em uma via pública (rua Heitor Nascimento), queda de uma árvore na Cidade Universitária e também queda de um galho de árvore na Vila Aurocan. Até o momento não há registro de feridos e desabrigados.

CHUVA DEVE CONTINUAR COM TEMPESTADES

A Defesa Civil do Estado informa que, entre o sábado (27/02) e segunda-feira (1º/03), um corredor de umidade avançará pelo Estado, havendo condições para chuvas fortes e volumosas, com momentos de tempestades severas, seguidas por raios e ventos, nas Regiões de Campinas, Sorocaba e Bauru.

De acordo com boletim estadual, há previsão para elevados acumulados de 72h (80 mm) e o volume de chuva dos três últimos dias está alto (94 mm), a Defesa Civil do Estado reforça a importância de atenção especial às áreas mais vulneráveis, pois há risco de deslizamentos, desabamentos, alagamentos, enchentes e ocorrências relacionadas a raios e ventos.

A população pode se cadastrar para receber de avisos da Defesa Civil sobre alertas de risco de desastres naturais direto no celular, gratuitamente, por mensagem de texto. Basta enviar uma mensagem de texto para o número 40199 colocando o CEP no assunto. Vale ressaltar que a pessoa deverá mandar um SMS para cada CEP que deseja cadastrar, que pode ser mais de um.

Em Campinas, a Defesa Civil prossegue com o monitoramento e solicita à população que acione o serviço pelo telefone 199 em casos de ocorrências.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s