Grande Campinas

Rota entrega duplicação da Zeferino até Conchal por 84 milhões

A Concessionária Rota das Bandeiras concluiu nesta quinta-feira, 22 de abril, a duplicação da rodovia Prof. Zeferino Vaz (SP-332), no trecho entre Engenheiro Coelho e Conchal. Com investimentos de R$ 84,3 milhões, a via passa a ter mais 11,6 quilômetros de pistas duplas.

A melhoria atende a uma antiga demanda da comunidade local e irá beneficiar cinco mil motoristas que trafegam diariamente pela rodovia, contribuindo para a ampliação do escoamento da produção agrícola da região. Haverá, também, ampliação da fluidez do tráfego e maior segurança, sobretudo com a redução de colisões frontais, comuns em ultrapassagens irregulares em rodovias de pistas simples.


Além da duplicação, foram implantados três novos retornos em nível (no km 165+500m, em Engenheiro Coelho, e no km 169 e no km 173+500m, em Conchal), além de um viaduto com duas rotatórias no km 171. A Rota das Bandeiras também fez acessos a estradas rurais e instalou pontos seguros para embarque e desembarque de passageiros de ônibus.

O pavimento da antiga pista foi requalificado e houve um trabalho de drenagem para ampliar a capacidade de absorção da chuva. As pistas foram divididas com a implantação de defensas metálicas e barreiras rígidas. A obra teve início em junho de 2020 e gerou 850 empregos.

“Mesmo em um período crítico por conta da pandemia, a Concessionária manteve seus investimentos, mantendo o compromisso de oferecer mais segurança e conforto aos seus usuários, além de contribuir para a geração de empregos”, destacou o diretor-presidente da Rota das Bandeiras, Douglas Longhi.

Em março de 2019, a Concessionária já havia concluído a duplicação da SP-332 entre os km 175+300 e km 180+160, em Conchal. Neste trecho, dois  dispositivos de retorno foram construídos, nos Km 176 e 177, num investimento de R$ 30,8 milhões.

Investimentos no Corredor Dom Pedro

Desde o início da Concessão, em abril de 2009, a Rota das Bandeiras já investiu R$ 2,8 bilhões em obras de manutenção, conservação e modernização do Corredor Dom Pedro. Entre as principais intervenções estão a duplicação das rodovias Eng. Constâncio Cintra (SP-360), entre Itatiba e Jundiaí, e dos Agricultores (SPA 122/065), em Valinhos; a implantação das novas vias marginais da rodovia D. Pedro I (SP-065) e prolongamento do anel viário Magalhães Teixeira (SP-083), ambas em Campinas.

Com 297 km de extensão, o Corredor Dom Pedro é formado pelas rodovias D. Pedro I e Magalhães Teixeira, além de trechos das rodovias Romildo Prado, entre Itatiba e Louveira; Prof. Zeferino Vaz, entre Campinas e Mogi Guaçu; e Eng. Constâncio Cintra, entre Itatiba e Jundiaí.

foto de divulgação da Rota – rod SP332 em Engenheiro Coelho

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s