Comércio e Negócios

Aberto agendamento acima de 18 anos para Cuidadores de idosos e a quem já tem doenças

A prefeitura de Campinas abriu nesta quinta-feira, dia 27 de maio, o agendamento para vacinação contra Covid-19 a dois novos grupos de pessoas, a partir de 18 anos. Serão incluídos cuidadores domiciliares de idosos e pessoas com uma das seguintes comorbidades (doenças crônicas): diabetes e uso de insulina, câncer em tratamento, imunodeficiência primária, doenças cardíacas de nascença ou obesidade mórbida. 

O agendamento deve ser feito pelo site www.vacina.campinas.sp.gov.br ou pelo telefone 160. O Centro de Saúde está disponível para marcar o horário para quem tiver dificuldade.

Dia D da vacinação

Na sexta-feira, dia 4 de junho, haverá um Dia D de vacinação contra a Covid-19 exclusivo para pessoas com comorbidades. Além dos Centros de Imunização, haverá 62 Centros de Saúde abertos e preparados para receber as pessoas que fizeram o agendamento.

Os cuidadores domiciliares de idosos devem levar uma declaração padrão para trabalho de cuidador de idosos. Ela está disponível no link: https://vacina.campinas.sp.gov.br/sites/vacina.campinas.sp.gov.br/files/arq-uploads/DeclaracaoPadraoParaTrabalhoDeCuidadorDeIdoso-27-05-2021.pdf

No documento devem constar os dados do cuidador e da pessoa que recebe os cuidados como números de RG e CPF, endereço, quando o trabalho foi iniciado e grau de parentesco com o idoso (se houver). O cuidador não precisa ser morador do município, mas é necessário levar o comprovante de residência do idoso em Campinas.

Os cuidadores de idosos são as pessoas que se enquadram na “ocupação de cuidador que integra a Classificação Brasileira de Ocupações – CBO sob o código 5162”. São aquelas que “cuidam a partir dos objetivos estabelecidos por instituições especializadas ou responsáveis diretos, zelando pelo bem-estar, saúde, alimentação, higiene pessoal, educação, cultura, recreação e lazer da pessoa assistida”.

Doenças crônicas incluídas na vacinação

Com relação às pessoas a partir de 18 anos de idade, com comorbidades, confira abaixo o detalhamento de cada doença incluída no grupo:

– Diabetes mellitus tipo 1 em uso de insulina

– Câncer em tratamento (nos últimos seis meses) quimioterápico imunossupressor e/ou radioterapia

– Imunodeficiência primária

– Doenças cardíacas desde o nascimento (cardiopatias congênitas no adulto com repercussão hemodinâmica)

– Obesidade mórbida (pessoas com Índice de Massa Corpórea –IMC- maior ou igual a 40)

Para essas pessoas será necessário levar uma declaração ou relatório médico. A única exceção é para as pessoas com Diabetes, quando a receita poderá ser aceita em substituição à declaração.

Para facilitar, é possível pedir para o médico preencher o Formulário Médico Padrão para Indicação de Vacina Contra a COVID-19. O documento facilita a triagem no Centro de Vacinação e comprova a doença que o paciente tem. É possível imprimir e levar para o médico só assinalar e carimbar com o CRM. Está disponível no link abaixo:

No dia da imunização, é preciso apresentar:

O comprovante emitido no final do agendamento, documento com foto, comprovante de endereço e o documento médico atestando que o candidato à vacina possui uma das comorbidades prioritárias.

São aceitos como comprovantes de residência: contas de água, energia elétrica, telefone, gás, serviços de internet, conta de banco, conta de cartão de crédito, carnê de IPTU, etc.

Intervalo entre a vacina da gripe e a da Covid

Quem tomou a vacina contra a gripe precisa esperar 14 dias para tomar a vacina contra a Covid. O mesmo vale se for o contrário: só depois de 14 dias de ter tomado a vacina contra Covid é que a pessoa pode tomar a da gripe.

Onde se vacinar?

Há cinco Centros de Imunização em Campinas disponíveis para aplicar a vacinação contra Covid-19. Confira os endereços:

– CVI – Centro de Vivência do Idoso na Lagoa do Taquaral

Avenida Doutor Heitor Penteado, s/nº. Portão 5

– Escola CAIC Zeferino Vaz

Rua José Augusto de Mattos, s/nº – Parque Residencial Vila União

– Círculo Militar de Campinas

Avenida Getúlio Vargas, 200, no Jardim Chapadão

– Casa da Criança Paralítica

Rua Pedro Domingos Vitali, nº 160, no Parque Itália

– Centro de Imunização Noroeste (antigo prédio da NAED Noroeste)

Rua Augusta Parreira Belinteni, s/nº, na Vila Castelo Branco

1 resposta »

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s