Bairros

Estado vai fornecer Vale Gás a quem não tem Bolsa Família

O Governo de São Paulo anunciou que criou um programa para conceder “Vale Gás” para ajudar famílias de baixa renda a comprarem ao menos um botijão de gás.  Mas apenas para famílias cadastradas no Cadastro Único (CADÚNICO) , mas que não recebem o Bolsa Família.

Na Grande Campinas, serão contempladas 4.600 que são consideradas em situação de vulnerabilidade social. Em Campinas, serão 3.804 famílias beneficiadas. Paulínia não terá por enquanto

Pelo programa cada família receberá três parcelas de R$ 100 a cada dois meses, totalizando R$ 300. O programa Vale Gás São Paulo vai ajudar famílias de baixa renda a comprarem botijão de gás. De acordo com Célia Parnes, secretária da Desenvolvimento Social, a medida irá beneficiar 100 mil famílias a partir do próximo mês. Ao todo, a medida irá beneficiar 100 mil famílias do Estado partir de julho.

É importante lembrar também que a consulta de quem pode receber o Vale Gás SP está disponível de forma online e presencial. Para facilitar a consulta você deve seguir os seguintes passos:

  • Acesse o site oficial do Vale Gás SP GOV BR (http://www.valegas.sp.gov.br/);
  • Clique no botão para consulta ‘Saiba se sua família foi inscrita no programa’;
  • Tenha em mãos seu número do NIS para conferir se vai receber ou não.
  • As famílias podem checar se têm direito ao benefício no site: www.valegas.sp.gov.br com o número de NIS ou entrar em contato com a Central de Atendimento da Secretaria de Desenvolvimento Social do Estado de São Paulo pelo telefone (11) 2763-8103.

    Vale Gás Social 2021 Inscrição SP

    É importante ficar atento para o processo de inscrição no Vale Gás Social SP em 2021. Ao contrário do que muitos esperavam, não haverá uma plataforma para novos cadastros.

    Quem não tiver acesso à internet, pode pedir informações no Centros de Referência de Assistência Social (CRAS) próximo à residência. As famílias que foram selecionadas estão inscritas no CadÚnico com situação de pobreza ou extrema pobreza, o que equivale a R$ 178 de renda per capita mensal.

    Gás subiu 9 vezes no ano passado

    No início de junho a Petrobrás anunciou mais um reajuste do gás GNP que é vendido às distribuidoras que engarrafam o gás de cozinha. O preço do produto sofreu reajuste de 5%, o que alterou o valor final e deixou o gás de R$ 2 a R$ 5 mais caro. Nas revendedoras de Campinas, os botijões variam de R$ 80 a R$ 100.

    Mas o maior problema dos reajustes é que eles são acumulados e atingem principalmente a categoria dos desempregados (também acumulados crescentemente pela pandemia) e dos que não possuem nenhuma renda ou apoio. Somente em 2020, o preço do gás subiu nove vezes Esse ano já foram 4 reajustes

    Deixe um comentário

    Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

    Logotipo do WordPress.com

    Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

    Foto do Google

    Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

    Imagem do Twitter

    Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

    Foto do Facebook

    Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

    Conectando a %s