Ambientalismo

Protesto de estudantes e indígenas fecha a Zeferino contra o PL490

Hoje 30/6 por volta das 5h da manhã um grupo de estudantes indígenas da Unicamp, moradores da moradia estudantil, juntamente com outros estudantes ,funcionários e militantes do PT e PSOL fecharam a rodovia Zeferino Vaz na altura do Km 118 em frente à Algar com pneus pegando fogo para protestarem contra o PL (projeto de Lei) 490 que está indo em votação na Câmara Federal em Brasilia (onde tambem houve protesto de indigenas, estudantes e partidos de oposição a Bolsonaro. A vereadora Mariana Conti participou do ato.

O Protesto causou um engarrafamento de quase 10km até a entrada de Paulinia e durou cerca de 30 minutos (segundo a Rota foi só do Laranjão até Barão cerca de 3 km) mas outras testemunhas disseram que foi até a entrada principal de Paulinia. Os estudantes pintaram a Rodovia contra o governo colocaram fogo em pneus , mostraram faixas e indígenas fizeram danças rituais no local. Segundo a Rota foram cerca de 100 pessoas.

O projeto prevê o Fim da Demarcação das Terras Indígenas e a ampliação das que ja existem (ou seja as que já existem continuariam , mas para o reconhecimento de novas teria de comprovar o título da posse da terra (o que desde a Constituição de 1988 não é exigido, apenas o Laudo de peritos da FUNAI e aprovação pelo órgão), permite o uso de terras indígenas por Garimpeiros e libera o contato com índios isolados (o que vai contra as determinações dos estudos antropológicos. A Rota das Bandeiras chegou ao local rapidamente e chamou a Polícia Militar Rodoviária e o Corpo de Bombeiros. a Rota também enviou um caminhão pipa para apagar o fogo e com reforços da Polícia conseguiram apagar o fogo, tirar os estudantes da pista e liberar o tráfego por volta das 6:30 da manhã.

A Rota emitiu nota que “….registrou uma manifestação no km 118 da rodovia Prof. Zeferino Vaz (SP-332), às 6h20 desta quarta-feira, na região de Betel, divisa de Paulínia com Campinas. A pista sentido Campinas ficou completamente interditada e foi liberada às 6h50, após combate às chamas. Além de equipes da Concessionária, estiveram no local o Corpo de Bombeiros e a Polícia Militar Rodoviária (PMRv).Por conta da interdição, houve congestionamento de até 3km, a partir do Trevo do Laranjão (km 121). A situação no trânsito foi completamente normalizada pouco depois das 8h.”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s