Arte&Cultura

N.A.S. busca parceiros para investirem em novos empreendedores com acompanhamento

Para marcar a passagem de seus 25 anos o N.A.S. (Núcleo de Ação Social) está lançando seu novo programa – NAS EMPREENDEDOR e está buscando empresários e investidores parceiros para apoiá-lo. Os empreendedores, selecionados pelo Programa, serão acompanhados por mentoria de executivos já estabelecidos e experientes.

No próximo dia 2 de outubro, seis novas empreendedoras formadas irão apresentar “pitches” de seus negócios para a diretoria do NAS e para as empresas parceiras que apoiam o projeto. A apresentação também será transmitida on-line. Será nessa apresentação que o N.A.S. irá apresentar as empresas parceiras e a forma com que estão apoiando. Pois, segundo um dos responsáveis pelo projeto, há empresários interessados em apoiar que são de outras cidades e até do exterior e assim também poderão assistir. Todos os 6 projetos irão trabalhar com vendas e entrega on line

O Programa NAS Empreendedor visa selecionar, capacitar e colocar no mercado pequenos profissionais de sua comunidade que tenham condições de além de gerar renda para si e sua família, com também a possibilidade de gerar empregos na própria comunidade. Ele foca sua atuação na faixa etária intermediária de jovens e adultos, em busca de oportunidade de geração de renda e, no contexto atual, atingidos profundamente pelos efeitos da pandemia, na produção de alimentos. O programa já está em sua quinta fase e agora busca parceiros que invistam nas novas empreendedoras formadas.

Como é o projeto

Como informou o empresário Hermes Pacheco (um dos voluntários na organização), a criação do projeto NAS EMPREENDEDOR começou a surgir em 2018, como resultado das discussões do planejamento estratégico do NAS, momento em que sua diretoria decidiu pela alteração de sua missão. Foi incluído o princípio da “auto sustentação” para o empoderamento das famílias atendidas pelo NAS, que são o foco da instituição (a maior parte do bairro Real Parque) através do incentivo ao empreendedorismo.

Esse novo programa não muda a atuação principal da entidade, qual seja, a convivência e fortalecimento de vínculos de crianças de 6 a 14 anos no contraturno     escolar e adultos, mas amplia o atendimento para adultos fora do mercado de trabalho passando assim a atender as famílias de forma integral.

Segundo Pacheco a proposta do NAS Empreendedor coincidiu com outro projeto que vinha sendo criado a nível nacional pelo Instituto Algar que já é um dos principais parceiros há muitos anos. E a partir de discussões decidiram trabalhar juntos em algumas fases.

Inicialmente o NAS divulgou que abriria o programa no Real Parque e outros bairros da Região da Mata Santa Genebra, buscando interessados em ser empreendedor e assim apareceram 14 interessados. Os candidatos passaram por uma entrevista e depois por uma pré-seleção avaliando o ´ perfil empreendedor de cada um. E desses 14 candidatos, 8 foram escolhidos para fazer a fase de “Capacitação” em parceria com o Instituto Algar que abriu 80 vagas em todo o país.

Durante a capacitação de 44 horas de aulas on line, os 8 candidatos escolhidos aprenderam sobre “mercado”, formação de preços, como fazer seu “Plano de Negócios”, como fazer um “pitch” de apresentação para investidores. E nesse processo todo, apenas um desistiu pois, segundo Pacheco, eles contaram com apoio de mentoria, apoio psicológico e até equipamentos fornecidos pelo N.A.S. pois era bastante difícil acompanhar aulas on line apenas pelo celular. E os candidatos ganharam um tablet para continuar as aulas com capacitação para usar o pacote office para aprenderem a fazer planilhas, gráficos etc. Além de várias palestras motivacionais, superação de desafios, etc. 

O quinto pilar foi a “mentoria” feita por empreendedores já especializados que ajudavam eles a fazerem as aulas. Para cada aluno havia um mentor que acompanhou toda a fase de capacitação e continuará acompanhando cada um.” – disse.

Nesse processo o NAS está funcionando como uma incubadora de micro empreendimentos . “Teremos um espaço dentro do NAS para que esses novos empreendedores e interessados possam ter um escritório (mesmo compartilhado), computadores, acesso à internet, para discutir, tirar dúvidas com as mentoras.

Todos tem o compromisso de formalizar o negócio através de uma MEI (Micro Empreendedor Individual) que tem possibilidades de conseguir linhas de financiamento de baixo custo ou a juros zero (como o SEBRAE, a FEAC etc)

“No caso do “capital semente” o NAS irá fornecer isso pra eles, através de parceiros investidores e acompanhar durante 12 meses porque queremos que o negócio projetado por ele se estabeleça e funcione. Esse é o programa NAS Empreendedor com apoio logístico, tecnológico, emocional, financeiro e mentoria estratégica” – disse Pacheco

Oportunidade de investimento em empreendedorismo social

Agora o NAS está buscando parceiros investidores que aceitem aplicar recursos nesses novos negócios e empreendedores para criarem o “capital semente” para esses novos empreendedores iniciarem, sempre com mentoria e acompanhamento do NAS. Esse é o esforço atual do NAS agora, de conseguir um número suficiente de parceiros que aporte o montante suficiente que precisamos para executar esse negócios

As formas de apoiar estão detalhadas no site https://sites.google.com/nas.org.br/nas-empreendedor/como-apoiar?authuser=0

Com os pacotes de patrocínio “Diamante”, “Ouro” e “Educação” e todos tem as contrapartidas do NAS

Segundo Pacheco esses investimentos não darão nem visam retorno financeiro no início, pois esses novos empreendedores ainda irão implantar seus negócios sendo acompanhados por 12 meses. Mas terão um retorno social e poderão trazer seus colaboradores para perceberem a importância do empreendedorismo social.

Além disso esses 6 novos empreendedores formados tem um compromisso de, quando se estabelecerem ou crescerem, eles também deverão retornar o apoio ao NAS para ajudar outras pessoas a se tornarem empreendedores.

“Nossa idéia é de que seja um programa anual que todo ano nós abriremos vagas para novas mentorias. Vamos continuar divulgando a idéia , buscando recursos E quem sabe no ano seguinte conseguiremos ainda mais participantes” – disse Hermes Pacheco

O NAS fica na rua Nossa Sª da Assunção esquina com rua Guido Camargo Penteado no bairro Real Parque , divisa com a rodovia Zeferino Vaz

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s