Arte&Cultura

Bom Pastor faz confraternização de encerramento do “Outubro Rosa”

A Casa de Repouso Bom Pastor realizou nesta quinta 27.10 uma festa de confraternização com a equipe de voluntárias (os) da casa para agradecer a participação de todos e todas nas campanhas de apoio da casa, especialmente para o “Outubro Rosa” deste ano, ressaltando a importância do cuidado e da prevenção nos casos de Câncer de Mama. As voluntárias atuaram colaborando em eventos, na vendas de convites para eventos e com ajuda no Bazar do Bom Pastor, entre outras atividades em benefício da Casa.

Na solenidade, além de orações, houve um depoimento da assistente social Gina, da Oncologia Clínica do HC (Hospital de Clínicas), demonstrando a importância da Bom Pastor para o trabalho contínuo com o atendimento a centenas de pacientes que vem de cidades muito distantes e na maioria das vezes não tem como custear hospedagem com alimentação para os dias de tratamento. Segundo ela Gina, o Hospital de Clínicas é referência para 42 municípios, além de pacientes de outros Estados, e atende uma média de 2000 consultas por dia. Só na Oncologia são 5 casos novos por dia além do grande aumento de atendimentos por causa da pandemia.

E a Casa Bom Pastor pra nós é o grande diferencial pelo fato da gente ter onde colocar esses pacientes porque o tratamento oncológico envolve toda a família e muda toda a história de vida das pessoas que muitas vezes precisam vir todos os dias e às vezes precisam parar de trabalhar para o tratamento. E a Casa recebe muitos pacientes necessitados com tudo que precisa e carinho. O Carinho de voces é um diferencial com todo cuidado e segurança e esse apoio, retaguarda que precisam para realizar o tratamento.” – declarou Gina.

Equipe de voluntárias e diretoras da Casa de Repouso Bom Pastor

A presidente da Casa, Maria Regina Azevedo, disse que a festa tinha por objetivo agradecer as voluntárias e colaboradoras da Casa que muito ajudaram este ano e durante o Outubro Rosa, em que houve uma intensificação das campanhas de prevenção e de tratamento do Câncer de Mama, através das campanhas do CAISM (Centro de Assistência Integral à Saúde da Mulher) e do COC (Centro de Oncologia de Campinas).

“Cada um traz um pouquinho Esse pouquinho é muito para a gente . Até a renda das notas fiscais agora nós conseguimos e estamos recebendo. Porque esse cuidado e apoio aos pacientes é fundamental e muitos não tem condições.”

Regina também lembrou de obras realizadas nos últimos anos. Desde a reforma do Bazar há 4 anos, os trabalhos de apoio durante à pandemia, as obras de reforma do telhado, toda troca de fiação da Casa, tudo foi feito com a ajuda de voluntários.

Ela também anunciou na reunião que a Casa tem várias metas para o ano que vem e seguintes. Uma delas é uma obra de ampliação da casa do Bazar que está pequena para as centenas de peças que comporta e que teve ampliações. E para isso já estão com parte dos materiais e a pessoa que realizará a obra.

“Graças a Deus essa turma ajuda muito. Um exemplo é a turma dos ciclistas por exemplo. Quando a gente precisa de leite nós avisamos e eles fazem campanha e arrecadam várias caixas” – disse Regina.

Regina informou ainda que a Casa Bom Pastor realizará um grande Bazar no próximo dia 26.11 das 9 às 15h e conta com o apoio de todos os voluntários e colaboradores da Casa para possibilitar as obras de reforma do mesmo.

As pacientes e residentes temporárias Leonice e Daiane que só conseguem realizar seus tratamentos com apoio da Casa

Mais que uma mãe

A paciente Leonice, de Americana, que ja faz tratamento há 5 anos no CAISM, e que ia e voltava duas vezes por mes para exames e tratamentos mas que este ano, sua quimioterapia foi ampliada para ser semanal e portanto precisa ficar na Casa Bom Pastor. Ela conta que seu marido também veio este ano para fazer uma operação na coluna e está aguardando a marcação da cirurgia. Outra paciente, Daiane Silva da cidade de Nova Viçosa (Bahia) também está na casa, já vem fazendo tratamento há 5 anos no CAISM indo e voltando todos os meses para exames e quimioterapia. Ambas agradecem a estrutura de hospedagem e assessoria completa da Casa aos pacientes que possibilitam fazer o tratamento integral.

Essa Casa aqui ela é mais que uma mãe. Qual é o lugar que você tem hospedagem com café da manhã e da tarde, almoço e janta tudo de graça E ainda tem motorista pra levar e trazer os pacientes no hospital. Não tem lugar que faça isso.”

A presidente Regina anunciou ainda que no próximo dia 29|11

Parte da diretoria da Casa de Repouso Bom Pastor também esteve na festa: da esquerda para a direita: Izabel, Maria Regina, Ângela, Regina e Leo.

Os funcionários da Casa de Repouso Bom Pastor também presentes: Silvana (assistente social), Cíntia (técnico administrativo), Vilma (serviços gerais) , Neusa (cozinheira), a presidente Regina Azevedo, Izabel (ajudante geral), Antônio (motorista) e João (auxiliar administrativo)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s